Frase

"O que eu faço, é uma gota no meio de um oceano. Mas sem ela, o oceano será menor." (Madre Teresa de Calcutá)

quinta-feira, 14 de março de 2013


(Reaproveitando sombrinha)


Dia Internacional da mulher (História do 8 de março)

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Houve um atraso nesta postagem, não estava encontrando o cabo da minha máquina fotográfica para baixar as imagens, hoje encontrei e logo postei a homenagem ao dia Internacional das mulheres.
Mas como todos os dias é dia das mulheres, essa homenagem não chega tão tarde assim, mulheres essas que lutaram tanto para ter uma carga horária de trabalho reduzida e nos dias de hoje fazem hora extra com tantas atividades vinculadas a ela. (Mãe, filha, professora, médica, doméstica, enfermeira, motorista, cozinheira entre tantas outras atividades que exerce no mesmo dia). Ela deixa de ser sexo frágil, Como canta Erasmo Carlos http://letras.mus.br/roberto-carlos/48629/#selecoes/67612/

Dizem que a mulher
É o sexo frágil
Mas que mentira
Absurda!
Eu que faço parte
Da rotina de uma delas
Sei que a força
Está com elas..
...
Mulher! Mulher!
Na escola
Em que você foi
Ensinada
Jamais tirei um 10
Sou forte
Mas não chego
Aos seus pés..

Que mulher não gosta de receber flores, imagine chegar em casa e na porta da sua casa um lindo arranjo.
Super fácil de fazer, usando aquela sombrinha velha ou aquela que virou quebrando depois de um vendaval rsrsrs... Aqui eu usei uma sombrinha que quebrou aproveitando a cor usei uma fita de cetim azul para fazer o laço e a flor é natural Hortênsia, mas você pode usar outras flores. E a fita você pode combinar com a estampa da sombrinha. Bom fica a dica.

A todas as mulheres desejo que Jesus abençoe todos os seus dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário